Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A InFor, Inovação e Formação, Revista do Instituto de Educação e Pesquisa em Práticas Pedagógicas da Universidade Estadual Paulista – IEP³/Unesp é uma publicação semestral (de fluxo contínuo) com o propósito de oferecer ao público trabalhos relacionados aos temas da Tecnologia, Inovação, Inclusão e Formação. O objetivo da revista é privilegiar a publicação de artigos científicos originais de pesquisadores e demais interessados, bem como, de textos de elevada qualidade apresentados em eventos reconhecidos e, também, relatos de experiências de práticas pedagógico-profissionais. Publica prioritariamente trabalhos relacionados à Inovação e Formação, em português, inglês e espanhol.

 

Políticas de Seção

Editorial

Editores
  • Maria Del-Masso
Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos

Parte de uma publicação com autoria declarada, deve apresentar ideias, métodos, técnicas, processos e resultados nas áreas do conhecimento definidas pela InFor e suas temáticas: Tecnologia, Inovação, Inclusão e Formação. Artigos científicos originais de pesquisadores e demais interessados em Portugês, Inglês e Espanhol.

Editores
  • Soellyn Bataliotti
  • Maria Del-Masso
  • Andréia Lopes
  • Antonio Netto Junior
  • Fábio Silva
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Temático

Os dossiês são edições organizadas por convidados, pesquisadores e professores. Na organização dos dossiês, os mesmos serão observados quanto ao caráter interinstitucional e ao fato de abordar temáticas de relevância para a área distinta e especificada ao Foco e Escopo da revista InFor. O objetivo do dossiê é ampliar o debate acadêmico, fomentar intercâmbios de pesquisa e/ou adensar as experiências formativas em investigação e/ou ensino com a comunidade científica nacional e internacional.

A avaliação da proposta de dossiê acontece em duas etapas:

  • O(s) proponente(s) deve(m) enviar a ementa do dossiê, com nome e identificação institucional dos proponentes (três, no máximo, e preferencialmente um deles com título de doutor), bem como com os títulos dos trabalhos, autores e filiação institucional (Instituição, departamento e programa de pós-graduação). Os autores devem seguir as Diretrizes para autoreda da InFor para o momento da submissão. Os organizadores serão responsáveis pelo envio do material nas etapas.
  • Somente serão aceitos artigos com no máximo três (3) autores graduandos, mestrandos e doutorandos acompanhados por um professor doutor/orientador.
  • Os organizadores são responsáveis por enviar a Apresentação/Prefácio do Dossiê em Português, Espanhol e inglês.
  • Os artigos devem conter de 5 mil a 8 mil palavras, incluindo as referências. As referências não poderão ultrapassar 1/3 da quantidade dos parágrafos do artigo. O resumo no máximo 250 palavras ou dez (10) linhas com cinco (05) palavras-chave separadas por ponto (ABNT).
  • Os organizadores serão responsáveis por submeter todos os artigos na plataforma (obrigatório constar todos os dados dos autores, como telefone, e-mail individual, filiação institucional, departamento, país, ORCID, Link/URL do Lattes/CNPq). Ao submeter os artigos, devem submeter também, como documentos suplementares, as Folhas de rosto e os Termos de cessão de direitos autorais assinados e digitalizados; Ao submeter os artigos, devem ter atenção de preencher corretamente o Título, palavras-chave separadas por ponto, e as referências no campo próprio da plataforma OJS (InFor) de submissão.

Nesta primeira etapa, os artigos completos não devem ser apresentados.

A proposta do dossiê deve obrigatoriamente conter:

1. Breve ementa do Dossiê.

2. Relevância da temática proposta para o campo da área da revista – Foco e Escopo.

3. Eixo temático do Dossiê: deve ser observado o fato de que os trabalhos devem ter como eixo principal um tema bem definido proposto por um organizador.

4. Nome de cada artigo e autores – nomes completos e filiação institucional: os artigos devem ser de autoria de pesquisadores de instituições que não se repitam no mesmo dossiê (instituições diferentes). O dossiê deve conter entre 8 (mínimo) e 10 (máximo) artigos.

5. Responsável (eis) pelo Dossiê - nome, instituição e e-mail. O dossiê pode ser proposto por até três pessoas, sendo que, no mínimo, um deles devem ter o título de Doutor. Cabe ao responsável enviar a proposta do Dossiê também para o e-mail da revista (infor.iep3 [arroba] unesp.br).

Após a primeira fase, caso seja aprovada a proposta de dossiê, os artigos completos que compõem o dossiê devem ser inseridos na plataforma on-line da revista e serão avaliados por pareceristas, seguindo o procedimento usual da revista, ou seja, duplo-cego, no mínimo. O(s) organizador(es) será(ão) responsável(eis) pela execução de todo o trabalho e gestão dos artigos do dossiê.

É condição para a submissão dos artigos do dossiê para avaliação:

1. Seguir as normas de publicações e padronização bibliográfica (referências e citações);

2. Que as submissões dos trabalhos que comporão o Dossiê sejam registradas diretamente no sistema, conforme orientações em: Submissão. 

3. Providenciar a impressão, preenchimento, assinatura, digitalização e envio da Folha de rosto e do Termo de direitos autorais.

Para que o trabalho seja identificado no sistema de submissão, no campo título do metadados ou no campo informações/comunicado para o editor, inicialmente ao título coloque a palavra Dossiê seguido do primeiro nome do Responsável e o título de cada trabalho.

Modelo:

Dossie-Responsável-Título:

Dossie-Fulano-Titulo

Todos os artigos serão obrigatoriamente revisados, editorados e avaliados.

 

Informações: infor.iep3 [arroba] unesp.br


Editores
  • Maria Del-Masso
  • Antonio Netto Junior
  • Fábio Silva
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os trabalhos serão avaliados por, no mínimo, dois pareceristas independentes, permanentes ou indicados pelo Conselho Editorial da InFor ligados as diferentes áreas de atuação da Inovação e Formação (em sua maioria, externos a esta instituição).

A InFor se reserva o direito, na medida do possível, de examinar a qualidade textual dos manuscritos através do software Turnitin.

 

Periodicidade

Semestral

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre e imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Adotamos a Licença: Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional (CC BY-NC-ND 4.0) da Creative Commons. 

Você tem o direito de:


Compartilhar — copiar e redistribuir o material em qualquer suporte ou formato. 

Atribuição — Você deve dar o crédito apropriado, prover um link para a licença e indicar se mudanças foram feitas. Você deve fazê-lo em qualquer circunstância razoável, mas de nenhuma maneira que sugira que o licenciante apoia você ou o seu uso.

NãoComercial — Você não pode usar o material para fins comerciais.

SemDerivações — Se você remixar, transformar ou criar a partir do material, você não pode distribuir o material modificado.

Avisos:


Você não tem de cumprir com os termos da licença relativamente a elementos do material que estejam no domínio público ou cuja utilização seja permitida por uma exceção ou limitação que seja aplicável.


Não são dadas quaisquer garantias. A licença pode não lhe dar todas as autorizações necessárias para o uso pretendido. Por exemplo, outros direitos, tais como direitos de imagem, de privacidade ou direitos morais, podem limitar o uso do material.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Avaliação da InFor (Qualis e outros)

Qualis Periódico (Capes)

Área de avaliação    Classificação

Ensino                           B5

Educação                       C

 

Classificação de periódicos quadriênio 2013-2016

 

Bases indexadoras e outras

1. Latindex - Diretório (Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal), desde 02/01/2018. Folio 26645, Folio único 23638.

2. PKP Index (Public Knowledge Project), desde 03/01/2018.

3. Redib (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico), desde 23/01/2018.

 

Sobre o processo de avaliação

O processo de avaliação da InFor consiste de:

  1. Triagem dos trabalhos submetidos. Neste primeiro momento checamos a aderência do trabalho quanto ao atendimento das Diretrizes para autores. Se o autor seguiu ao checklist recomendado, a submissão será aceita e avançará para a próxima etapa, avaliação. Caso contrário, o autor será notificado da não adequação as normas estabelecidas. O autor recebe acesso (login e senha) para acompanhar a situação de sua submissão durante todo o processo;
  2. Avaliação das submissões aceitas. Neste segundo momento, um grupo de três (3) editores de seção realizam a primeira avaliação dos trabalhos. O editor chefe e a editora adjunta acompanham e orientam todas as fases. Os editores de seção encerram a primeira rodada de avaliação, não havendo rejeição, selecionam o avaliador/parecerista a partir de banco personalizado e enviam convite com solicitação de avaliação. Esta rodada fica subordinada ao aceito do avaliador/parecerista especialista. Quando necessário, a InFor pratica mais de duas rodadas de avaliação para um mesmo trabalho. O autor recebe comunicação de consulta ou solicitação durante todas as rodadas. Respeitada a decisão deste avaliador, os editores decidem entre: aceitar, rejeitar, solicitar revisões ou submeter a nova rodada;
  3. Edição do trabalho aceito para publicação. Neste terceiro momento os editores selecionam os editores de texto para cada trabalho submetido. Durante a edição de texto acontecem as etapas de Edição de texto inicial, Edição de texto do autor e Edição de texto final. Superadas estas etapas, acontece o agendamento do que antes era manuscrito (trabalho), agora artigo, nas previstas edições futuras. Os editores selecionam os editores de layout para cada artigo agendado. O editor de layout prepara o artigo com toda a formatação, normalização e diagramação necessária, a fim de atender ao critérios de publicação estabelecidos pela InFor. Na última etapa os editores selecionam os leitores de provas. O artigo preparado pelo editor de layout é enviado ao autor, ao próprio leitor de prova e, por fim, ao editor de layout;
  4. O editor chefe e a editora adjunta preparam o sumário, redigem o editorial e, ao final, autorizam a nova publicação;
  5. Comunicação. A partir de recurso da própria revista, todos os autores, leitores e avaliadores são comunicados da publicação do novo número.
Para conhecer nosso fluxograma de publicação clique aqui.

 

 

Licenciamento

A InFor faz uso único e exclusivo das licenças Creative Commons para licenciar tudo aquilo que venha a publicar. Os editores e os autores estão em comum acordo sobre o uso das licenças Creative Commons para o licenciamento contínuo do conteúdo desta revista. A InFor faz coro a cultura de acesso livre e gratuito ao conhecimento. A intenção, assim como fazem DOAJ e Redalyc, é proteger a divulgação aberta do conteúdo e evitar a exploração econômica por terceiros. Os autores assinam as versões em PDF e MP3 para publicação com a licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial-Sem Derivação 4.0 Internacional.

 

Ficha catalográfica